ptenes

Access the Magazine Online

VISITE NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS

Contact: 770.256.4524
magazine@ciabrasilatlanta.com

Editorias
Links Úteis

Nós, negros, precisamos nos reconhecer e nos autodeclarar bem alto que somos negros, sim senhor!

“Tudo que nós tem é nós!” (Emicida, rapper fundador do Laboratório Fantasma e apresentador de um programa no canal GNT).

 

Nós, negros, precisamos nos considerar verdadeiramente humanos e capazes de ser o que queremos!

“Entre esquerda e direita continuo sendo preta.” (Sueli Carneiro, filósofa e fundadora da Fundação Geledes).

 

Nós, negros, precisamos compreender e pensar que somos filhos de África em Diáspora.

“As memórias ancestrais nos fortalecem.” (Katiusca Ribeiro, filósofa e promotora do Mulherismo Epicêntrico).

 

Nós, negros, precisamos negar a inferioridade imposta por uma supremacia branca.

“Combinaram de nos matar, e a gente combina de não morrer.” (Conceição Evaristo, escritora, poeta e romancista defensora de sua teoria da escrevivência).

 

Nós, negros, precisamos nos descolonizar pensamentos e não querer ser o que o branco é.

“Somos ilhas, precisamos formar continentes.” (Sidney Santiago, ator, diretor de teatro e fundador da companhia teatral “Cia Os Crespos”).

 

Nós, negros, precisamos aprender a nos aceitar a nos autocuidar e passar a amar corpos pretos.

“O amor tem cor e é um ato político.” (Renato Noguera, filósofo e autor do livro “Por que amamos: o que os mitos e a filosofia têm a dizer sobre o amor”).

 

Nós, negros, precisamos combater o racismo mesmo sabendo que não fomos nós quem criamos.

“Enquanto houver racismos, não haverá democracia.” (Manifesto da Colisão Negra).

 

Nós, negros, precisamos exigir suporte, proteção e incentivo à comunidade negra.

“Precisamos limpar o chão para o povo passar. Tirar as coisas que podem ferir nosso povo preto.” (Sueli Carneiro, filósofa e fundadora da Geledes).

 

Nós, negros, precisamos criar outras narrativas para nossa história, principalmente para mulheres e jovens negros.

“Quando uma mulher negra se movimenta, move todas as estruturas de uma sociedade.” (Angela Davis, feminista, filósofa e ativista americana).

 

Nós, negros, precisamos afirmar nossas potencialidades e nossa riqueza ancestral.

“Black is beautiful” (Movimento cultural dos EUA na década de 1960 em prol da consciência negra).



Por Terezinha Ribeiro
Facebook: Terezinha Ribeiro
Instagram: @tmjribeiro

Copyright © 2014 CIA Brasil. Todos os direitos reservados.
É permitida a compartilhação de matéria e fotos desde que citada a fonte: www.ciabrasilatlanta.com.
Produzido e gerenciado por: Editora Kiron